Parques da Disney nos EUA serão abastecidos com energia solar fotovoltaica

Solis Energia – 15/10/18

A Walt Disney Co. em breve vai produzir energia suficiente para alimentar totalmente dois de seus quatro parques no Walt Disney World Resort, no centro da Flórida. Antes do final de 2018, a Disney acionará uma grande usina de energia solar de 50 megawatts, com mais de meio milhão de painéis solares, nos arredores do Animal Kingdom. O movimento visa, em parte, ajudar a Disney a atingir seu plano maior de reduzir as emissões mundiais líquidas de gases causadores do efeito estufa em 50% até 2020, na comparação com 2012.

A instalação solar da Disney World, a ser inaugurada, produzirá energia suficiente para abastecer 10.000 residências por ano e reduzirá as emissões de gases causadores do efeito estufa em mais de 57.000 toneladas por ano, segundo estimativas da Disney. Isso é o equivalente anual de remover cerca de 9.300 automóveis das estradas, diz a empresa.

Desfile elétrico inteiramente alimentados por painéis solares de oito telhados de prédios
I Foto: TOKYO DISNEY RESORT / NYT

Os esforços solares e renováveis da Disney não se limitam à Flórida. Em Tóquio, o desfile de luzes elétricas da Disneylândia é alimentado por painéis solares de oito telhados de prédios, que geram mais de 600 quilowatts de energia. Na Europa, a Disneyland Paris usa energia geotérmica para alimentar dois dos seus parques temáticos e um hotel.

No Disney Resort de Xangai, usina combinada de resfriamento e aquecimento, reduz as emissões em 60% – parcialmente convertendo calor desperdiçado em energia. A Disney também está construindo três navios de cruzeiro que serão operados com gás natural liquefeito, de queima limpa, quando se dirigirem ao mar em 2021, 2022 e 2023.

Fonte: oglobo.globo.com